Estomatologia é uma palavra derivada do grego “estoma”, que significa “boca”, portanto seu significado é estudo da boca.

Quem pode diagnosticar e tratar lesões da boca?

O dentista especialista em estomatologia realiza a prevenção, o diagnóstico e o tratamento odontológico de diversas lesões orais.

Tratamentos

Algumas modalidades de tratamentos realizados pelo estomatologista são: remoção cirúrgica de lesões benignas, laserterapia, crioterapia e escleroterapia.

Remoção cirúrgica de lesões benignas

A remoção cirúrgica de lesões benignas pequenas como por exemplo lesões reacionais causadas por trauma são simples. Lesões como mucocele e hiperplasia fibrosa são removidas com anestesia local e cicatrizam rapidamente.

Laserterapia

A laserterapia ou fotobiomodulação utiliza a luz para reduzir inflamação, aumentar a capacidade de cicatrização das células que receberam algum tipo de agressão e também apresenta efeito nas terminações nervosas finas, reduzindo assim a dor.

Pode ser utilizada para prevenção e tratamento de várias condições orais como:

  • Mucosite oral decorrente de quimioterapia e radioterapia na região de cabeça e pescoço;
  • Hipossalivação (redução da quantidade de saliva que acarreta boca seca);
  • Herpes labial (pode ser utilizado como preventivo para herpes labial recorrente e a terapia
    fotodinâmica pode ser utilizada para tratamento da lesão em fase de vesículas);
  • Hipersensibilidade dentinária;
  • Alteração sensorial (parestesia) após traumas ou procedimentos cirúrgicos na boca;
  • Cicatrização e redução da dor de aftas orais.

Crioterapia para lesões orais

É um processo terapêutico baseado no tratamento de lesões pelo frio.

Utilização de nitrogênio líquido para eliminar lesões orais como: leucoplasias, verrugas orais, condilomas e papilomas.

Escleroterapia para hemamangioma e pequenas lesões vasculares benignas da cavidade bucal

A escleroterapia consiste na aplicação de um medicamento com propriedade de obliterar o leito vascular da lesão e consequentemente promover a regressão de pequenas lesões que podem causar desconforto estético e funcional quando acomete a mucosa oral e o vermelhão dos lábios. É uma opção viável e de baixo custo para os casos de hemangioma da cavidade bucal e pode evitar procedimentos cirurgicos que apresentam risco de hemorragia.

Antes e Depois

Doutora em Estomatopatologia
Habilitação em Laserterapia e Odontologia Hospitalar
Cirurgiã-Dentista da Seção de Odontologia e Estomatologia do HCFMRP-USP.